InstagramFacebookTwitter

O defensor público-geral da Defensoria Pública do Estado de Santa Catarina, João Joffily Coutinho, participou, nesta quarta-feira (3), da 13ª Reunião Interinstitucional do Sistema Judiciário catarinense. O encontro on-line destacou a produtividade de todo o sistema durante o isolamento social: o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), por exemplo, em se tratando de trabalho remoto, ostenta números que só ficam para trás do TJSP, que é o maior tribunal do mundo em procedimentos.

A volta gradual, por etapas e com cautela do trabalho presencial também foi discutida. De acordo com Joffily, o grupo tem alinhado as decisões levando em conta, entre outros fatores, principalmente a saúde e a segurança dos usuários do sistema e seus servidores.

O encontro, presidido pelo presidente do Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC), desembargador Ricardo Roesler, contou, ainda, com a presença do 1º vice-presidente do TJSC, desembargador João Henrique Blasi; a corregedora-geral da Justiça, desembargadora Soraya Nunes Lins; o corregedor-geral do Foro Extrajudicial, desembargador Dinart Francisco Machado; o diretor da Academia Judicial, Paulo Henrique Moritz; o subprocurador-geral de Justiça, Alexandre Stefani; o procurador do Estado Rodrigo Castelano; o presidente da OAB/SC, Rafael Horn; os juízes auxiliares da Presidência Carolina Ranzolin, Romano Enzweiller e Cláudio Eduardo Regis de Figueiredo e Silva; o coordenador de Magistrados, Rafael Condé; o juiz-corregedor Sílvio Franco; o chefe da Casa Militar do TJSC, coronel Adilson Luiz da Silva; o diretor-geral judiciário, Maurício Walendowsky Sprícigo; e os assessores da Presidência Fernanda Müller e Cleon Bassani Ribas.

WhatsApp Image 2020-06-04 at 11.37.42.jpeg